SOMOS OU NÃO DEPENDENTES?

novembro 11, 2008 at 6:07 pm Deixe um comentário

cerebro2

Geralmente acreditamos que os dependentes são aquelas pessoas que dependem de  substancias químicas exógenas.  Será que estamos certos disso? Existe outro tipo de dependência?  Vamos esclarecer um pouquinho mais.

Vamos comparar o nosso cérebro como uma fábrica. Nessa fábrica são sintetizadas e liberadas  várias substâncias para nosso organismo, conforme  necessitamos. Elas são  liberadas pelo cérebro e se fixam em receptores que se localizam na parede de nossas células  e realizam sua função .  Acontece que o dependente quando faz uso de uma droga, por exemplo a heroína, ela se liga no receptor da célula ocupando assim o local que deveria ser ocupado pelas substâncias que o cérebro produz, e depois com o uso continuo faz  com que a pessoa se torne dependente desta droga.  A heroína ocupa o lugar da endorfina. A endorfina é uma substancia de produção  endógena, que tem como objetivo  nos fornecer bem estar, então o organismo diminui ou inibe a produção de endorfina porque está recebendo heroína. 

Tem se a pergunta. Para que eu preciso saber disso? Não faço uso de drogas.  Acontece que as nossas emoções também produzem substâncias(peptídeos) ou  moléculas de emoção (MDEs), que se ligam aos receptores das nossas células, e cumpre sua função. Quando temos emoções repetidas, elas se tornam dependentes e precisamos cada vez mais desse tipo de emoção. Não podemos deixar de analisar  que as dependências emocionais são o motivo para continuarmos a criar a nossa realidade do jeito que é.  Verificando a questão por esse ângulo concluímos que somos responsáveis pelo nosso destino e realidade.

Citamos alguns exemplos de dependência emocional.  Pessoas que repetem constantemente a mesma situação, e que prometem que não farão mais certa coisa e acabam fazendo, que não conseguem mudar a realidade, que se unem ao mesmo tipo de personalidade de um homem ou mulher, por exemplo: Mulher casada, espancada constantemente pelo esposo, cansada da situação resolve abandoná-lo, depois de algum tempo é espancada novamente pelo novo companheiro ou por outrem.  Conclui-se que o problema não está no esposo ou em outras pessoas, ela tem necessidade de ser agredida, então busca de alguma forma criar a situação para que isso aconteça, ela é dependente da emoção de maus tratos.

Todos nós somos dependentes de algo em maior ou menor grau, basta analisarmos nossas vidas e a realidade que vivemos. Se não gostamos do que vemos temos a sorte de poder mudar o nosso destino, mas para que isso aconteça precisamos desejar ardentemente a mudança, e precisamos  ter foco para uma nova situação.

Se olhem, se conheçam, se amem, se curem.

Cristiane R.C.C.A.Silva/ NW Mídia Marketing Digital.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

ÁRVORE. ABRACE UMA. NATUREZA. IMPLORA RESPEITO E AMOR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Calendário

novembro 2008
S T Q Q S S D
    dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Somos todos um


%d blogueiros gostam disto: